Não confundir Arquiteto Paisagista e Jardineiro

Nem sempre o público distingue corretamente o papel do arquiteto paisagista do papel do jardineiro. Com este artigo pretendo esclarecer esta dúvida e definir as valências de cada uma destas profissões que se complementam.

Distinção entre arquiteto paisagista e jardineiro

O primeiro passo para esclarecer a diferença entre arquiteto paisagista e jardineiro consiste em definir cada uma destas atividades.

Arquitetura Paisagista vs Jardinagem

A arquitetura paisagista é uma atividade bastante mais abrangente, que vai além da plantação e do cuidar de flores, plantas e árvores.

Podemos afirmar que o trabalho do arquiteto paisagista é influenciado e influencia todo o meio que envolve o espaço que vai trabalhar.

No fundo, o trabalho de um arquiteto paisagista passa pelo planeamento e acompanhamento da execução do projeto que melhor se enquadre nas características do local onde vai ser implementado e dos objetivos a que se destina, visando, em última análise, a melhoria da qualidade de vida das pessoas que o vão utilizar.

Conceitos ligados ao trabalho do arquiteto paisagista

Há uma série de questões que o arquiteto paisagista tem em consideração e executa ao planear e desenvolver um projeto. A lista é extensa e depende do tipo de projeto a desenvolver mas permitam-me realçar alguns dos aspetos mais importantes e que são comuns quer se trate de um jardim privado ou de um espaço público:

  • Análise das características físicas e biofísicas do local préexistente;
  • Análise e definição do programa preliminar, fase na qual o cliente e o arquiteto paisagista discutem aquilo que vai ser projetado;
  • Budget do cliente;
  • Objetivo definido para o espaço;
  • Desenho do espaço segundo as regras de composição como o equilíbrio, a unidade, o carácter, a escala, os volumes, as técnicas visuais, a vegetação, a harmonia;
  • Articulação do novo projeto às estruturas físicas já existentes como por exemplo, edifícios, piscinas, estacionamentos, etc.;
  • Funcionalidade(s) a que se destina o espaço a desenhar;
  • O desenho e a representação do projecto segundo o grafismo, técnicas de representações, perspectivas e vistas 3D;
  • Características do solo e da vegetação autóctone;
  • Clima da zona;
  • Assegurar a conformidade com a lei vigente, incluindo a obtenção de todos as autorizações e licenciamentos necessários;
  • Implementação e representação das soluções técnicas do projecto;
  • Apoio na selecção das empresas que irão executar o projecto;
  • Acompanhamento e visitas à obra;
  • Planos de gestão e de manutenção do novo espaço verde a longo prazo.


    O trabalho do jardineiro

    A jardinagem é o complemento perfeito para a atividade do arquiteto paisagista já que, mediante a sua orientação, o jardineiro concretiza os projetos de arquitetura paisagista segundo as regras de arte.

    O jardineiro foca-se na construção, na realização dos pavimentos permeáveis e semi-permeáveis, no fornecimento e aplicação da terra vegetal, nas plantações e na instalação dos sistemas de rega, a partir dos projectos préviamente preparados. Também assegura o cultivo e a manutenção dos espaços verdes segundo as indicações transmitidas nos planos de gestão e de manutenção. É a pessoa certa para garantir que o seu jardim está sempre em perfeitas condições, encarregando-se de manter o espaço agradável e com uma vegetação saudável ao longo das estações.

Graças aos seus conhecimentos, pode ainda informar o arquiteto paisagista do comportamento de certas espécies a longo prazo num determinado local.

Como vê, há bastantes diferenças entre o arquiteto paisagista e o jardineiro, ainda que sejam duas atividades que se complementam e trabalham em conjunto para criar espaços verdes de sonho.

Contacte-nos e saiba como na Paisageiro o podemos ajudar a planear o jardim ou espaço verde da sua casa, empresa ou localidade.

TOPO